quinta-feira, 23 de março de 2017

Livro Solidário recebe novas doações de acervos

A Professora de Medicina da Universidade Federal do Estado do Pará (UFPA) Silvia Maués e seu filho Fabricio Maués, doaram nesta quinta-feira, 23, diversos livros para o Projeto Livro Solidário, de temáticas variadas: religiosos, literatura, infanto-juvenil e enciclopédias.

Silvia contou que conheceu o Livro Solidário através das redes sociais. “Combinei com meus filhos que todos separássemos os livros que não utilizamos para que pudéssemos doar para a população fazer uso. Fazendo uma pesquisa na internet, encontramos o Projeto Livro Solidário” relatou.

Essa é a segunda vez que o Projeto da Imprensa Oficial recebe doações da família Maués. Para eles, é satisfatório dividir os conhecimentos repassados pela leitura.
“Com os livros nós expandimos os horizontes, viajamos para outros mundos, conhecemos outras culturas. É conhecimento em nossas mãos. Quem ler melhora a habilidade de leitura, amplia o vocabulário e a escrita, o livro impresso é insubstituível”, pontuou a professora.

 Serviço: As doações de livros para o projeto podem ser feitas diretamente na sede Imprensa Oficial do Estado, localizada na Travessa do Chaco, 2271, no Bairro do Marco. Mais informações pelo telefone: 4009.7847.

Texto: Vanize Soeiro 




sexta-feira, 17 de março de 2017

Imprensa Oficial doa livros para Centro Comunitário do Jurunas

O Centro Comunitário Limoeiro, localizado na passagem de mesmo nome, do bairro do Jurunas, em Belém, recebeu na manhã desta sexta-feira, 17, cerca de 200 livros, entre didáticos, infanto-juvenil e de interesse geral, doados pelo projeto de incentivo à leitura Livro Solidário, coordenado pela Imprensa Oficial do Estado e Núcleo Articulação e Cidadania do governo do Estado.

Segundo a presidente do Centro Edina do Socorro, os livros vão compor o acervo da Biblioteca do Centro Comunitário que atende 60 crianças de 3 a 6 anos de idade, todas moradoras do bairro do jurunas. 

“Aqui essas crianças recebem reforço pedagógica, do maternal ao jardim”, explicou Edina. Ela agradeceu a doação que foi motivada por um pedido de uma outra pessoa que conhece o projeto Livro Solitário e a carência do Centro Comunitário, e viabilizou a entrega.


“Esses livros vão ser muito importantes no suporte do aprendizado de nossas crianças. Só temos a agradecer a Imprensa Oficial”, pontuou Socorro.




terça-feira, 14 de março de 2017

Pro Paz Mangueirão vai receber Espaço de Leitura

Jovens e crianças inscritos no projeto Pro Paz nos Bairros vão ganhar, a partir deste mês, um Espaço de Leitura do projeto Livro Solidário, coordenado pela Imprensa Oficial e Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), do governo do Estado. O espaço irá funcionar no polo Pro Paz Mangueirão que funciona no Estádio Olímpico do Pará Mangueirão, localizado na Avenida Augusto Montenegro, km 3.

Na manhã da última segunda-feira, 13, a equipe do projeto começou a arrumar o novo espaço, e instalaram as estantes, mesas e toda a identidade visual, além de disponibilizarem o acervo de livros e revistas que serão utilizados ao público.

Para acessar o Espaço de Leitura, o jovem precisa estar inscrito no programa Pro Paz nos Bairros, que mantém iniciativas voltadas à disseminação da cultura de paz por meio da oferta de atividades socioeducativas e físicas às crianças e jovens que vivem nas áreas periféricas de Belém.






Emaús - Ontem também, a equipe do Livro Solidário fez a entrega de cerca de 200 livros de interesse geral para a Sala de Leitura Dom Bosco, do Movimento República de Emaús, localizado na Rua Yamada, no bairro do Benguí. “Nós (Imprensa Oficial) fomos procurados pelos monitores do Movimento para ver a possibilidade de doarmos livros para a Sala de Leitura deles, e graças às doações que temos recebidos da população, foi possível fazer essa entrega”, contou a técnica do Livro Lucila Girão.

E a população continua entregando livros e revistas para o projeto.  “Nós recebemos uma boa quantidade de livros infanto-juvenil e gibis, além de literatura geral. A gente agradece essas doações, pois só assim podemos atender os pedidos de acervo que nos chegam”, pontuou Girão.




Serviço: As doações de livros para o projeto podem ser feitas diretamente na sede Imprensa Oficial do Estado, localizada na Travessa do Chaco, 2271, no Bairro do Marco. Mais informações pelo telefone: 4009.7847.

Texto: Ronaldo Quadros
Ascom Imprensa Oficial do Estado

terça-feira, 7 de março de 2017

Cantora Ana Clara doa livros para o projeto Livro Solidário

O Papa Francisco divulgou as 40 práticas de amor da quaresma. Cada dia ele recomenda uma ação. A do dia de hoje, 7, diz: “Separar o que você não usa e dar a quem precisa”. Foi o que fez a cantora e radialista Ana Clara.

Ela garimpou na estante de sua casa vários livros de literatura brasileira, poesia e literatura paraense e doou ao projeto de incentivo à leitura Livro Solidário, coordenado pela Imprensa Oficial do Estado e Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC), do governo do Estado.

“Toda ação de doação é importante”, observou a artista. Ela contou que tem vários livros que já foram lidos por ela, e alguns que recebeu de amigos que também já foram lidos e estavam encostados nas estantes sem uso. “Por isso resolvi fazer essa doação ao Livro Solidário para oportunizar que outras pessoas tenham acesso a leitura. Isso é muito importante”, pontou.

Ana Clara disse que vai fazer outra seleção de livros já lidos para doar. “Quanto mais pessoas estiverem lendo, mais informação estará circulando”, acredita a cantora.

Serviço: As doações de livros para o projeto podem ser feitas diretamente na sede Imprensa Oficial do Estado, localizada na Travessa do Chaco, 2271, no Bairro do Marco. Mais informações pelo telefone: 4009.7847.






Livro Solidário recebe doações de livros infantojuvenil

A servidora da Secretaria de Administração do Estado (Sead) Natália Álvares e sua irmã Talita Álvares doaram nesta terça-feira, 7, vários livros para o projeto Livro Solidário. A maioria é de livros infantojuvenil, mas também vieram livros de literatura brasileira e estrangeira.

“Consideramos que estimular a leitura é um ato de solidariedade”, acredita Natália. Segundo ela “compartilhar esse material que muitas vezes custa caro e muitos não tem acesso é um ato generoso para quem quer contribuir com a educação. Muitas das vezes não pegamos mais o livro, deixando-o esquecido na estante. Temos que passar em frente esses livros e dar oportunidade para outras pessoas lerem” acrescentou.

“Essa doação é muito importante para o projeto, pois a maioria do nosso público está nessa faixa etária. E os livros dessa categoria são uma ótima oportunidade para que eles tomem gosto pela leitura”, pontuou a coordenadora do Livro Solidário Carmen palheta.

A coordenadora reforça que as doações vão compor os acervos dos Espaços de Leitura já existentes e os três novos que serão inaugurados ainda neste semestre no Propaz Mangueirão, Propaz Ufra, na Terra Firme e Taboquinha, em Icoaraci. Esses espaços serão equipados com estandes, mesas, além do acervo.


Serviço: As doações de livros para o projeto podem ser feitas diretamente na sede Imprensa Oficial do Estado, localizada na Travessa do Chaco, 2271, no Bairro do Marco. Mais informações pelo telefone: 4009.7847.



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Livro Solidário recebe coleção de livro infantil da Paulus

O projeto de incentivo à leitura Livro Solidário, coordenado pela Imprensa Oficial do Estado (IOE), recebeu na quinta-feira, 23, cerca de cem kits de livros infantis doados pelo Núcleo Articulação e Cidadania (NAC), do governo do Estado, ao qual o projeto está ligado.

Os kits fazem do Núcleo Paulus de Formação, Programa Direito e Cidadania, composto, cada um, por cinco livros infantis dos autores Alexandre Carvalho, João Pedro Roriz e Manuel Filho, todos ilustrados como forma de chamar a atenção dos pequeninos e futuros leitores. 

“Essa coleção é muito bem-vinda, pois vai reforçar os acervos dos Espaços de Leitura já existentes e os três novos que serão inaugurados ainda neste semestre”, reforçou a coordenadora do projeto, Carmen Palheta.

Os novos Espaços vão funcionar no Propaz Mangueirão, Propaz Ufra, na Terra Firme e Taboquinha, em Icoaraci. Esses espaços serão equipados com estandes, mesas, além do acervo.


Serviço: As doações de livros para o projeto podem ser feitas diretamente na sede Imprensa Oficial do Estado, localizada na Travessa do Chaco, 2271, no Bairro do Marco. Mais informações pelo telefone: 4009.7847.





quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Livro Solidário continua recebendo livros para os novos Espaços de Leitura

A estudante Scheila Brunetta Sant’Ana doou nesta quinta-feira, 23, mais de cem livros entre clássicos da literatura mundial, literatura brasileira, infanto-juvenil, revistas em quadrinhos, entre outros. Sheila é uma das seguidoras da página do Projeto Livro Solidário na internet.

“Nós agradecemos muito a doação da Sheila que vai nos ajudar a formar novos acervos para os três novos Espaços de Leitura que vamos implantar ainda este ano”, comentou a coordenadora do Projeto Livro Solidário Carmen Palheta.

Os novos Espaços vão funcionar no Propaz Mangueirão, Propaz Ufra, na Terra Firme e Taboquinha, em Icoaraci. Esses espaços serão equipados com estandes, mesas, além do acervo. “Nós já estamos fazendo a identidade visual para que os frequentadores possam usá-lo com conforto”, explicou Carmen Palheta.


Serviço: As doações de livros para o projeto podem ser feitas diretamente na sede da Imprensa Oficial do Estado, localizada na Travessa do Chaco, 2271, no Bairro do Marco. Mais informações pelo telefone: 4009.7847.